domingo, 9 de março de 2008

Teste para implementação da Lei 10.639/03

Como Coordenadora do Núcleo de Relações Étnico Raciais e de Gênero tinha que pesquisar muito para encontar subsídios de análise, para confrontar a realidade em que estávamos inserindo a lei 10.639 no municipio que trabalho.

Encontrei esse teste e apliquei nas trinta escolas do municipio, pedindo que cada cordenadora pedagógica pudesse observar e responder com o coletito ou pelo coletivo.

A partir das respostas, pudemos ter toda a compreensão do terreno em que caminhávamos.
Esse teste foi imprescindivel para podermos fazer uma análise real das escolas e assim, podermos iniciar nosso trabalho

A dica que eu dou é a seguinte: Se você deseja implementar a lei 10.639/03 que inclui a História e Cultura Africana e Afro brasileira no currículo, utilize esse teste.
Numa reunião pedagógica, levante a questão. Faça dinâmicas, cante músicas, e depois distribua o teste para os professores.

Através da análise das respostas, crie estratégias para a discussão na escola e a eventual implementação da lei.

ESTOU ÀS ORDENS PARA ESCLARECER TODA E QUALQUER APREENSÃO.

REFLEXÃO:Sua escola combate a discriminação?


1. A trajetória histórica do negro é estudada...

a. nas efemérides: 13 de maio, no mês do folclore, 20 de novembro ( )
b. como conteúdo pedagógico amplamente explorado em sala de aula ( )
c. não é estudada ( )

2. Acredita-se que o racismo é para ser tratado...

a. como conteúdo nas várias áreas que possibilitem tratar o assunto ( )
b. pelos movimentos sociais ( )
c. quando acontece algum caso evidente na escola ( )

3. A cultura negra é...

a. estudada como rico folclore do Brasil ( )
b. um tema presente na proposta pedagógica da escola ( )
c. assunto de aula quando surge alguma notícia na imprensa ( )

4. O currículo...

a. baseia-se nas contribuições das culturas européias representadas nos livros didáticos ( )
b. aborda positivamente a diversidade racial e as verdadeiras contribuições
de todos os povos ( )
c. procura apresentar aos alunos informação também sobre os indígenas
e negros brasileiros ( )

5. Você, professor...

a. é neutro quanto às questões sociais, pois seu trabalho se baseia apenas nos conteúdos dos livros didáticos e manuais pedagógicos ( )
b. reavalia sua prática cotidiana e reflete sobre os valores e conceitos que traz introjetados sobre o povo e a cultura negra ( )
c. tem investido em formação e buscado informações sobre as questões raciais ( )

6. A abordagem das questões raciais...

a. não é feita com profundidade, pois a escola prioriza outras temáticas mais relevantes para nosso contexto ( )
b. é contextualizada na realidade dos alunos, promove uma análise crítica do assunto e visa a transformação dos conceitos preconceituosos ( )
c. não acontece, pois não é considerada assunto para a escola ( )

7. As diferenças culturais entre os diversos povos...

a. não são tratadas, pois não temos informações suficientes e o assunto é polêmico ( )
b. servem como reflexão para rever posturas preconceituosas e comparações hierarquizadas ( )
c. são mostradas como diversidade cultural brasileira ( )

8. As situações de desigualdade e discriminação presentes na sociedade...

a. são temas de reflexão para todos os alunos ( )
b. são discutidas apenas com os alunos discriminados ( )
c. são discussões estratégicas para conscientização dos alunos quanto à luta contra todas as formas de injustiça social ( )

9. Acredita-se que, para fortalecer o reconhecimento, a aceitação e o respeito à
diversidade racial, deve-se...
a. promover o orgulho racial de seus alunos ( )
b. procurar não chamar a atenção para as visões estereotipadas sobre os negros em livros, produções e textos existentes no material didático ( )
c. promover maior conhecimento sobre as heranças culturais brasileiras ( )

10. A linguagem verbal utilizada no cotidiano escolar...

a. tem o poder de influenciar nas questões de racismo e discriminação ( )
b. se vale de expressões referentes à cor dos alunos, como neguinha , negão ou preto ( )
c. não tem influência direta nas questões raciais ( )

11. Quanto ao trabalho escolar sobre a temática racismo...

a. alguns professores tratam o assunto em determinadas etapas do ano letivo ( )
b. existe um trabalho coletivo com a participação de todos, inclusive direção e funcionários ( )
c. existe resistência de alguns colegas para tratar a questão racial ( )

12. Na biblioteca da escola...

a. existem muitos e variados livros sobre a questão racial para alunos e professores ( )
b. existem poucos títulos sobre a questão racial ( )
c. não existe literatura que contemple a questão racial ( )

13. Quanto à capacitação sobre a questão racial, você...

a. ainda não teve oportunidade de estudar o assunto ( )
b. participou de cursos e grupos de estudos sobre a questão racial ( )
c. tem procurado incorporar o assunto nas reuniões pedagógicas, grupos de estudos e momentos de formação ( )

Confira o resultado :

1- a. 1 b. 2 c. 0
2- a. 2 b. 0 c. 1
3- a. 0 b. 2 c. 1
4- a. 0 b. 2 c. 1
5- a. 0 b. 2 c. 1
6- a. 1 b. 2 c.0
7- a. 0 b. 2 c. 1
8- a. 1 b. 0 c. 2
9- a. 2 b. 0 c. 1
10- a. 2 b. 0 c. 0
11- a. 1 b. 2 c. 0
12- a. 2 b. 1 c. 0
13- a. 0 b. 1 c. 2

Até 6 pontos
Sua escola está na fase da invisibilidade .O tema ainda é tabu. Os alunos estão perdendo a oportunidade de formação de valores essenciais para uma convivência harmônica em sociedade. Que pena!


De 7 a 18 pontos
Sua escola está na fase da negação .O assunto racial está começando a ser discutido. É preciso que a maioria dos professores admita a existência do racismo na sociedade e no ambiente escolar. E que a verdadeira história de resistência do povo negro sirva de exemplo de luta pela cidadania a todos os alunos.

De 19 a 25 pontos
Sua escola está na fase de reconhecimento .Muito bem! Vocês estão no caminho certo! Reconhecem a necessidade urgente de transformar a escola em um espaço de combate ao racismo e a discriminação.


26 pontos

Sua escola está na fase do avanço.Parabéns! Vocês não temem o trabalho sobre as diferenças raciais e apresentam uma postura ética e humanista. A equipe está no caminho do aperfeiçoamento da prática pedagógica. E assim busca não fomentar o preconceito e a discriminação.

(Este teste foi adaptado do Almanaque Pedagógico Afro Brasileiro de Rosa Margarida de Carvalho Rocha- Ed. Mazza)

Nenhum comentário: