terça-feira, 24 de junho de 2008

A Escola

Esse texto saiu no Globinho do dia 07/06/2008.

"A escola é o lugar onde a gente vai quando não está de férias.
O chefe da escola é o diretor.
O diretor manda na professora.
a professora manda na gente.
A gente não manad em ninguém."

(Clayton Vinicius do N. Teixeira, 11 anos/E. M.da Vila Esperança- Itatiaia)

Meus filhos que leram e mostraram. Eles riram demais e falaram que é isso mesmo.

Mas eu acredito que essa fala do aluno mereça considerações mais sérias.

Não considero o dito uma piada.

Antes é a observação de uma criança de 11 anos que relata de forma jocosa as relações interpessoais na escola.

A relação de mando e de pouco prazer.
Relações cristalizadas em comandos e poder e muito pouca democracia.

Todos sabemos que as relações interpessoais na escola são complexas, mas precisamos resignificar o espaço escolar, estimulando a forma positiva de educar.

Relações interpessoais de mando, ditadoriais, intereferem na aprendizagem dos alunos, na formação dos professores, na didática e até no sabor da merenda.

A escola não tem chefe, a escola é de todos, para todos.O diretor apenas gesta a escola com tempo determinado.

A professora não deveria mandar nos alunos, mas sim ter uma relação dialógica, interativa com seus alunos.

O aluno deveria ter a oportunidade de opinar sobre a escola que estuda, sobre os conteúdos que aprende, não mandar, mas interagir, interlacionar, participar.

Se isso não acontece, as potencialidades de todos ficam adormecidas e, continuamos a reproduzir as relações de desigualdades da sociedade.

Emfim, o texto do Clayton, é uma matéria prima maravilhosa para reflexão e discussão.

Voltaremos a ela em outra oportunidade.

Nenhum comentário: