segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Carta do futuro 2070



É sempre muito sério falar de meio ambiente e de economia de água.

O assunto nunca é demais e se torna mais sério ainda quando somos professores,porque considero como dever e obrigação de qualquer mestre,de qualquer disciplina, seja qual for o segmento,garantir aos alunos,informações necessárias para a preservação do planeta,e subsídios intelectuais para a conservação de nosso maior recurso natural que é a água.

Quando eu vi esse vídeo,não pude me abster de democratizá-lo.

A escola sempre será o lugar da aprendizagem coletiva, da garantia da melhoria do futuro,embora,ás vezes, nos esqueçamos disso.

É na escola que há os profissionais disponíveis para o aprendizado, é na escola que as questões polêmicas da sociedade são colocadas em xeque.

Ou não?

Precisamos garantir que nossos alunos aprendam a preservar o meio ambiente, mas principalmente que eles adquiram consciência ambiental ampla, geral e irrestrita.

Agora, se enquanto Coordenadores,trabalhamos com uma equipe que não é consciente, não há como o conhecimento se democratizar, não há o que trocar....

Podemos fazer diferente?

Sem dúvida. Através da formação continuada.

Ou seja, as discussões devem ser levadas para a escola, e estar presente nas discussões diárias,quinzenais,mensais,,nos murais,nas salas de aula, nos boletins internos, no mural da sala dos professores, e principalmente nas discussões da equipe.

A questão ambiental demanda sensibilização.

Porque quanto mais preocupados e conectados com as questões ambientais,mais estaremos atentos à nossa condição humana.

Use o vídeo como base para discussão, utilize músicas, memória, textos, para sensibilizar sua equipe, sem alarmismos baratos,mas com convicção que precisamos preservar nosso planeta e economizar a agua,esse bem tão precioso..

Aposto que você vai fazer um excelente trabalho. Não deixe de me relatar sua experiência.

A troca de experiências é algo maravilhoso! E então? Vamos democratizar nossas angústias,nossas dúvidas,nossos sucessos,nossos anseios?

Nenhum comentário: