domingo, 25 de abril de 2010

lei 11645 em Comodoro, MT


Estive em Comodoro por estes dias participando como palestrante de um estudo sobre a implementação da Lei 11.645/08.
Estrive na companhia dos excelentes professores Marta Bento, Denise Guerra e o especialista em Linguista José Guajajara da etnia  guajajara.

A formação foi de um nível de discussão muito  profundo com análises históricas, vivências, conteúdos pedagógicos e práticas culturais.

Participaram professores indigenas, professores  não indígenas, coordenadores pedagógicos e professores do municipio de Conquista, agentes de saude indigenas e indios das etnias paresi e nambikuaras.

Esse encontro me fez pensar muitas coisas.

 Sobre a invisibilidade cruel  dos povos indigenas e negros, sobre o quanto as pessoas perdem em seus pequenos mundos sem querer compartilhar  com a diferença do outro...

E também no papel das secretarias de educação na condução do processo de implementação da lei 11 645. Quero falar sobre esse desafio e responsabilidades.Estou refletindo sobre o assunto, em breve publico.
 




Marta, eu e Denise
 Guajajara, eu Dê e as crianças nambikuaras


  Zé Carlos, Guajajara e o Professor Tadeu











Juliano, cacique paresi

 Professora Denise Guerra

Professores fazendo a dinâmica
Professor Asor  e Asafe

                                                                          Oca
                  
dentro da oca



                 No rio indo para os kitaulu

Nenhum comentário: