sexta-feira, 28 de março de 2014

Em Aracaju, alunos são impedidos de entrar em escolas por causa de uniforme



Foto: Crianças estudando em Africa.

Agora pela manhã, vi uma matéria no Bom dia Brasil,  que  em Aracaju, alunos são impedidos de entrar na escola sem  uniforme da nova gestão da cidade.
Estudei em escola publica a vida toda. Naquela época, meus pais com sacrificio, comprovam nosso material escolar e uniforme.
Ao longo dos muitos anos da minha vida escolar, minha saia plissada do primário, ia se abrindo até que o plissado perdia toda a forma. Mas era aquela saia, ou nada. No Ginásio, recebia doações das minhas amigas e era  só assim,  que eu ganhava uniformes novos.
Simples assim.
Já como professora, cansei de dar aulas para alunos de chinelos e roupas próprias, e isso nunca impediu do aluno aprender, ou eu, de ensinar.
Agora, os alunos tem direito a uniforme e Kit escolar doados pelos governos.
Os materiais tem a logo dos governos e não do município.
Os uniformes mais parecem uniformes de atletas, com patrocinador e tudo.
As cores das escolas e dos uniformes mudam conforme muda as gestões.
E assim, vão-se gastando o dinheiro publico  a cada ano, sem que ninguém  tome uma decisão acertada sobe isso.
os alunos de Aracaju estão sendo impedidos de entrar na escola, caso não usem o uniforme da nova gestão. Uma camisa somente, que se caso estiver molhada ou suja, a criança não pode entrar na escola.
 Afinal que é prioridade? a criança aprende por causa do uniforme? Uniforme interfere na aprendizagem?
Mas  a grande questão é :Uma criança pode ter seu direito humano  impedido porque não está devidamente fardado?
O secretario de educação de Aracaju, justifica-se dizendo que o uniforme mudou, pois tem a logo marca da nova gestão. Somente crianças fardadas com as cores do novo governo podem estudar. Caso isso. são excluídas do seu direito à educação.
É isso aí, tá olhado o uniforme? coloca atrás da geladeira pra secar! tá sujo? vai sujo mesmo!
Uma lástima, uma vergonha que ainda nesse pais, nossas crianças e jovens tenham  que ficar a mercê de  uma politica coronelista, desumana, antiquada como esta.
Um abuso, um descaso, uma falta de respeito com as pessoas da cidade.
Os uniformes deveriam por lei municipal terem o brasão do munícipio,  assim, as gestões passariam, e os símbolos da cidade não.
Por causa dessas politicas mesquinhas e abusadoras é que nos encontramos neste caos. Ao invés da prefeitura de Aracaju incentivar seus pequenos cidadãos a frequentarem a escola, ao contrário, elas são excluídas do seu direito de estudar, adquirido por lei,  por não usarem as cores de um governo que deveria zelar pela sua aprendizagem.
E se a gente for analisar a sangue frio. Isso não acontece só em Aracaju não.
Uniforme deixou de ser um símbolo e passou a ser propaganda dos governos.
Cadê o Ministério Público?    
 

Nenhum comentário: